Logo Dulcerrado
Logo Dulcerrado

BLOG

Dulcerrado lança Café Autoral produzido pela família Ribeiro

20/10/2018

O lote especial de outubro foi produzido manualmente na Fazenda Congonhas pelo produtor Lázaro Ribeiro e seu filho, Gustavo Ribeiro

 

Comunicação Expocaccer

 

No dia 06 de outubro a Dulcerrado realizou o lançamento de mais uma edição do Café Autoral. O lote especial de outubro foi produzido manualmente na Fazenda Congonhas pelo produtor Lázaro Ribeiro e seu filho, Gustavo Ribeiro. As baristas da Dulcerrado participaram de todo processo produtivo do café, da colheita até a torra.

 

Projeto Café Autoral

 

O projeto Café Autoral foi desenvolvido pela Federação dos Cafeicultores do Cerrado com o intuito de fomentar o consumo do café com origem controlada e de alta qualidade. A ideia é conectar cafeterias e baristas aos produtores da região. Neste projeto os baristas podem colher e preparar juntos lotes exclusivos, gerando com isso uma troca de experiências entre estes dois atores protagonistas da cadeia café.

 

Para Poliana Gonçalves, gestora da Dulcerrado, “esse é mais um projeto para reforçar nossa parceria e nossa proximidade com nosso produtor cooperado, e mais uma vez evidenciar tudo que eles têm feito em busca da produção de alta qualidade dentro de suas propriedades.”

 

Produzindo singularidade

 

A originalidade desse projeto se dá no processo de produção do café e em todas as práticas que o transformam num café singular, como conta Poliana:

 

“O detalhe do projeto é que nós, enquanto cafeteria, tanto eu como as baristas da Dulcerrado, acompanhamos a colheita seletiva artesanal dos frutos maduros, no ponto ideal de maturação, e posteriormente o pós-colheita. Esse café foi fermentado em bags, através de uma fermentação controlada, e posteriormente levado para um terreiro suspenso para que ocorresse o processo de seca dos grãos. Após essa experiência, esse café foi enviado para a Expocaccer, onde nossos profissionais fizerem toda a parte de classificação e seleção dos melhores grãos, mesmo após já termos colhido os melhores, os maiores e os mais maduros, tudo pra garantir que esse lote obtivesse um resultado de bebida na xícara que fosse o melhor possível e gerasse a melhor experiência para nosso cliente. Após essa seleção, nós ainda fizemos vários perfis de torra para potencializar tudo que esse café tem de bom em termos de aroma e sabor.”

 

Gustavo Ribeiro acredita que a tradição familiar, aliada à inovação, garante, a cada safra, a produção de cafés singulares. “O Café Autoral vem ao encontro com o que a gente já tem feito na fazenda. Como o próprio nome já diz, é um trabalho manual, quase artesanal, em busca de melhorar a qualidade do nosso café. Então esse convite da Dulcerrado, em parceria com a Federação dos Cafeicultores do Cerrado, brindou esse trabalho que a gente tem feito de melhoria de processos e da melhoria contínua da qualidade.” conta Gustavo.

 

Lançamento

 

O evento de lançamento foi realizado no sábado (06) de manhã, na Dulcerrado, onde a família Ribeiro e a equipe da cafeteria recepcionou convidados, clientes e visitantes. Na ocasião, o Café Autoral foi apresentado e degustado pelos presentes, sendo harmonizado com queijo fresco e cereja desidratada.

 

Lázaro Ribeiro, pai de Gustavo, celebrou o evento e a oportunidade de apresentar um produto autoral. “Para nós da Fazenda Congonhas é uma alegria e um prazer estar aqui na Dulcerrado degustando esse café. Não é fácil produzir um café de qualidade, e quando a gente tem uma oportunidade de mostrar um produto nosso, de qualidade, é gratificante.”

 

Sobre o sabor do café, Poliana conta que “proporciona uma experiência sensorial muito grande”. “Quem degusta pode perceber frutas vermelhas, uma acidez que a gente chama de acidez brilhante, de laranja, muito equilibrada, que dá toda uma sustentação na doçura que esse café apresenta, fruto de um aspecto licoroso e intenso.” completa a gestora.

 

O Café Autoral da família Ribeiro está disponível na Dulcerrado nas versões espresso e filtrado, além de também estar disponível torrado e moído e torrado em grãos em pacotes de 250g na cafeteria e na loja virtual.

Escrito por: Poliana Gonçalves

Dulcerrado lança Café Autoral produzido pela família Ribeiro

20/10/2018

O lote especial de outubro foi produzido manualmente na Fazenda Congonhas pelo produtor Lázaro Ribeiro e seu filho, Gustavo Ribeiro

 

Comunicação Expocaccer

 

No dia 06 de outubro a Dulcerrado realizou o lançamento de mais uma edição do Café Autoral. O lote especial de outubro foi produzido manualmente na Fazenda Congonhas pelo produtor Lázaro Ribeiro e seu filho, Gustavo Ribeiro. As baristas da Dulcerrado participaram de todo processo produtivo do café, da colheita até a torra.

 

Projeto Café Autoral

 

O projeto Café Autoral foi desenvolvido pela Federação dos Cafeicultores do Cerrado com o intuito de fomentar o consumo do café com origem controlada e de alta qualidade. A ideia é conectar cafeterias e baristas aos produtores da região. Neste projeto os baristas podem colher e preparar juntos lotes exclusivos, gerando com isso uma troca de experiências entre estes dois atores protagonistas da cadeia café.

 

Para Poliana Gonçalves, gestora da Dulcerrado, “esse é mais um projeto para reforçar nossa parceria e nossa proximidade com nosso produtor cooperado, e mais uma vez evidenciar tudo que eles têm feito em busca da produção de alta qualidade dentro de suas propriedades.”

 

Produzindo singularidade

 

A originalidade desse projeto se dá no processo de produção do café e em todas as práticas que o transformam num café singular, como conta Poliana:

 

“O detalhe do projeto é que nós, enquanto cafeteria, tanto eu como as baristas da Dulcerrado, acompanhamos a colheita seletiva artesanal dos frutos maduros, no ponto ideal de maturação, e posteriormente o pós-colheita. Esse café foi fermentado em bags, através de uma fermentação controlada, e posteriormente levado para um terreiro suspenso para que ocorresse o processo de seca dos grãos. Após essa experiência, esse café foi enviado para a Expocaccer, onde nossos profissionais fizerem toda a parte de classificação e seleção dos melhores grãos, mesmo após já termos colhido os melhores, os maiores e os mais maduros, tudo pra garantir que esse lote obtivesse um resultado de bebida na xícara que fosse o melhor possível e gerasse a melhor experiência para nosso cliente. Após essa seleção, nós ainda fizemos vários perfis de torra para potencializar tudo que esse café tem de bom em termos de aroma e sabor.”

 

Gustavo Ribeiro acredita que a tradição familiar, aliada à inovação, garante, a cada safra, a produção de cafés singulares. “O Café Autoral vem ao encontro com o que a gente já tem feito na fazenda. Como o próprio nome já diz, é um trabalho manual, quase artesanal, em busca de melhorar a qualidade do nosso café. Então esse convite da Dulcerrado, em parceria com a Federação dos Cafeicultores do Cerrado, brindou esse trabalho que a gente tem feito de melhoria de processos e da melhoria contínua da qualidade.” conta Gustavo.

 

Lançamento

 

O evento de lançamento foi realizado no sábado (06) de manhã, na Dulcerrado, onde a família Ribeiro e a equipe da cafeteria recepcionou convidados, clientes e visitantes. Na ocasião, o Café Autoral foi apresentado e degustado pelos presentes, sendo harmonizado com queijo fresco e cereja desidratada.

 

Lázaro Ribeiro, pai de Gustavo, celebrou o evento e a oportunidade de apresentar um produto autoral. “Para nós da Fazenda Congonhas é uma alegria e um prazer estar aqui na Dulcerrado degustando esse café. Não é fácil produzir um café de qualidade, e quando a gente tem uma oportunidade de mostrar um produto nosso, de qualidade, é gratificante.”

 

Sobre o sabor do café, Poliana conta que “proporciona uma experiência sensorial muito grande”. “Quem degusta pode perceber frutas vermelhas, uma acidez que a gente chama de acidez brilhante, de laranja, muito equilibrada, que dá toda uma sustentação na doçura que esse café apresenta, fruto de um aspecto licoroso e intenso.” completa a gestora.

 

O Café Autoral da família Ribeiro está disponível na Dulcerrado nas versões espresso e filtrado, além de também estar disponível torrado e moído e torrado em grãos em pacotes de 250g na cafeteria e na loja virtual.

Escrito por: Poliana Gonçalves